Mundo

HAVAÍ: A HISTÓRIA DA CASA QUE RESISITIU AO FOGO E VIRALIZOU

O imóvel de madeira de 100 anos foi o único daquela área que resistiu ao fogo, enquanto seu entorno foi reduzido a cinzas.

Casa de madeira de 100 anos foi reformada recentemente, mas não era resistente ao fogo, dizem proprietários

“Parece que (a casa) foi photoshopada”, disse o proprietário Trip Millikin ao jornal Honolulu Civil Beat, em referência ao programa de edição de imagens.

Millikin e sua esposa, Dora, souberam que o incêndio havia se alastrado por toda a vizinhança e que provavelmente a casa deles também iria pegar fogo. Mas, na manhã seguinte, imagens aéreas mostraram que o imóvel estava intacto. “Começamos a chorar”, disse ele ao Honolulu Civil Beat. “Me senti culpado. Ainda nos sentimos culpados. “O casal disse não saber exatamente o que salvou sua casa do incêndio.

Há dois anos, eles compraram a propriedade centenária que serviu de escritório para funcionários de uma plantação de cana-de-açúcar. Millikin e sua esposa disseram que a casa estava em mau estado, então eles tentaram restaurá-la. E acreditam que pode ter sido essas reformas que salvaram a casa. Eles trocaram as telhas asfálticas por outras de metal, cercaram a casa com pedras e removeram a folhagem ao redor.

Mas nenhuma dessas ações foi feita para parar um eventual incêndio, disseram eles. “É uma casa 100% de madeira, então não é como se a tivéssemos protegido contra fogo ou algo assim”, afirmou Dora Atwater Millikin ao jornal Los Angeles Times. Ela disse que, à medida que o fogo se alastrava, grandes pedaços de madeira atingiam os telhados das pessoas. “Se fosse um telhado de telhas asfálticas, pegaria fogo. Eventualmente, cairia e incendiaria a folhagem ao redor da casa”.

Dora acrescentou que a distância da casa de seus vizinhos também pode ter servido como uma espécie de proteção. O casal diz que espera voltar a Lahaina quando for seguro e planeja oferecer sua casa a quem está desabrigado. “Muitas pessoas morreram”, disse Atwater Millikin. “Tantas pessoas perderam tudo e precisamos cuidar uns dos outros e reconstruir. Todos precisam ajudar a reconstruir.” Os esforços de busca e recuperação ainda estão em andamento em Maui, com 114 mortes confirmadas até agora.

Autoridades dizem que cerca de 850 pessoas estão desaparecidas, mas mais de 1,2 mil pessoas que estavam na lista foram encontradas em segurança. As chamas destruíram a maior parte da cidade histórica de Lahaina, em Maui. É o pior desastre natural da história do estado do Havaí. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chegou ao Havaí na segunda-feira (21/8) para avaliar a extensão da tragédia.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Botão Voltar ao topo
    Nova Conversa
    Escanear o código
    Olá 👋
    Como podemos te ajudar?