ANÁPOLIS: Hospital Municipal Alfredo Abrahão completa um ano com mais de 5 mil cirurgias realizadas


Prefeito Roberto Naves com funcionários do Alfredo Abrahão na manhã de 09/11


Unidade ampliou de três para seis as salas cirúrgicas e totaliza mais de 37 mil atendimentos


Há um ano, Anápolis começou a vivenciar uma nova etapa na saúde pública com a inauguração do Hospital Municipal Alfredo Abrahão. Pela primeira vez, cirurgias que antes eram feitas somente por unidades prestadoras e de serviços começaram a ser disponibilizadas na rede municipal. Desde seu primeiro dia de funcionamento até 1º de novembro deste ano, foram realizados 5.345 procedimentos cirúrgicos nas áreas de pediatria, urologia, vascular, ginecologia, neurocirurgia, ortopedia e traumatologia, otorrinolaringologia, proctologia, além de cirurgias plásticas e gerais (hérnias, vesícula, entre outras).


“Hoje muita coisa passa pela nossa cabeça. Estamos comemorando um ano de vitória nesse hospital moderno e humanizado, mas são seis anos de trabalho e coragem. Primeiro, para fechar o antigo Cais Progresso – que funcionava em situação insalubre e colocava em risco a vida de pacientes e profissionais –, depois, para reestruturar e iniciar a construção. E ainda tivemos a Covid. Graças a Deus o hospital estava pronto e, junto com a Brainfarma, montamos aqui um hospital de campanha”, relembrou o prefeito Roberto Naves em visita ao hospital nesta quarta-feira, 9.


Ao todo, em 12 meses, foram 37.633 atendimentos em geral, entre cirurgias, ambulatório, urgência e emergência. Somente internações cirúrgicas, clínicas e de UTI foram 6.044. Destas, são 5.345 cirurgias. Isso significa pessoas tratadas e curadas de alguma patologia. Florisa da Silva Leão, 59 anos, se encaixa nessa estatística de sucesso. Ela sofria com problemas de pedras na vesícula que causavam dores insuportáveis. No hospital, pôde fazer com agilidade sua cirurgia e não precisou ir para nenhum prestador ou outro município. “Atendimento nota mil. Uma equipe maravilhosa que trabalhou o tempo inteiro em prol da minha saúde”, contou.


A opinião também é compartilhada por Laênio Camargos de Sousa, 35 anos, que estava na fila para fazer uma vasectomia. Logo que o procedimento começou a ser realizado no Alfredo Abrahão, ele foi chamado para avaliação. “Desde a recepção até a minha saída, toda a equipe transmite muita segurança e confiança para o procedimento que vai executar”, ressaltou.


O hospital ainda conta com a parte ambulatorial que, desde a inauguração, já contabiliza 23.376 atendimentos e consultas nas áreas de ortopedia e traumatologia, cirurgia geral, pediatria, nefrologia, proctologia, ginecologia, cirurgia vascular, urologia, endocrinologia, neurocirurgia, cardiologia, clínica médica, dermatologia, otorrinolaringologia, cirurgias plásticas convencionais e em queimados.


O local também é referência em atendimentos de queimaduras e feridas em pés diabéticos, além de traumatologia e ortopedia encaminhados por outras unidades. Ainda funciona no Alfredo Abrahão o Núcleo Hospitalar Epidemiológico, que realiza atendimentos antirrábicos, de acidentes por animais peçonhentos, de violência sexual e outras em adultos e crianças e, também, de acidentes de trabalho com exposição a material biológico. Somente nesse trabalho de urgência, emergência e referência, foram 8.213 atendimentos desde a abertura em 9 de novembro de 2021.


“O Alfredo Abrahão tem uma grande história e é com grande alegria que chegamos a estes resultados, que é fruto de um trabalho conjunto entre todos os profissionais envolvidos”, conclui Roberto Naves.

2 visualizações0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg