O aquecimento global pode provocar ondas de frio?

A explicação para tanto frio em maio no Brasil começa com um ciclone que se formou no Sul, mais próximo do continente, e que atuou por mais tempo que o normal. Ele jogou uma massa de ar gelado sobre o país. O ciclone, batizado de Yakecan quando foi promovido a "tempestade", causou ventos de mais de 150 km/h no Sul do país e levou neve para o estado de Santa Catarina no mês de maio pela primeira vez em 15 anos. As serras gaúcha e catarinense registraram temperaturas abaixo de zero. A chegada de frentes frias vindas do Sul é comum, mas raramente elas chegam com tanta força em regiões mais ao Norte. O meteorologista Giovanni Dolif, do Centro de Monitoramento de Desastres Naturais (Cemaden) em São José dos Campos, explica que o impacto do aquecimento global não significa apenas ondas de calor, mas sim desequilíbrio nas dinâmicas do planeta. De acordo com Giovanni Dolif, a todo momento sistemas meteorológicos se formam na atmosfera, jogando ventos mais quentes em direção aos polos, impedindo que eles esfriem demais. Enquanto isso, os ventos mais frios seguem em direção à linha do Equador. Com a temperatura média do planeta aumentando, esses sistemas ficam mais intensos, buscando equilíbrio mais rapidamente. O resultado? Ventos mais fortes, tempestades e ondas de frio onde antes não tinha. (Fonte: G1)



0 visualização0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg