Parque dos Romeiros será entregue com última obra de arte de Angelos Ktenas, nessa sexta

Área verde e estátuas feitas pelo consagrado artista grego, que vivia em Goiânia e faleceu em 2019, são homenagens aos romeiros do Divino Pai Eterno


A edição centenária da Festa dos Romeiros será cheia de emoção. Além de reunir novamente, depois de dois anos de pandemia, a romeiros do Brasil inteiro, a cidade ganhará uma nova estrutura temática para representar sua tradição religiosa e acolher os fiéis que peregrinam no exercício de sua fé. A prefeitura de Trindade, o Parqville Quaresmeira e a Cinq Desenvolvimento Imobiliário inauguram na sexta, dia 24 de junho, o Parque dos Romeiros. Com as últimas obras de arte do artista plástico grego Angelo André Ktenas, que morreu no final de 2019, a estrutura é fruto de parceria público-privada e está instalada às margens da GO-060, mais conhecida como Rodovia dos Romeiros. A inauguração acontece no dia do início da festa, que segue até 3 de julho. Com nove mil metros quadrados o parque dos Romeiros será uma área verde de Trindade destinada ao lazer e atividades religiosas. Ele contará com pomar com frutas típicas da região, área para realização de eventos como feiras, shows de pequeno porte, palestras, entre outras atividades - que inclusive passará a abrigar a tradicional barraca da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), que costuma dar suporte para os romeiros nos dez dias de festas. Estacionamento e calçada acessível são outras características do local. Outro equipamento muito importante para toda a região será um Posto Avançado do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás, que diminuirá o tempo de atendimento aos usuários da Rodovia e também toda a população. O destaque do lugar será a estação do romeiro, que servirá como paradas para momentos de oração e descanso. Nesse local dentro do parque serão colocadas as estátuas de bronze de Ktenas, que farão homenagem aos romeiros. As obras foram criadas e seus moldes realizados há mais de três anos pelo artista grego radicado em Goiânia desde a década de 1950 e um dos fundadores da Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG). No entanto, com a sua morte devido a problemas de saúde, sua equipe e a CINQ decidiram finalizá-las. (Fonte: Comunicação sem Fronteiras)


Uma das últimas esculturas de Angelo Ktenas, feita pouco antes do seu falecimento

Arquivo Pessoal

9 visualizações0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg