Radares fixos da Ecovias do Araguaia funcionam em caráter educativo



A obra de duplicação da BR-153, entre Anápolis e Porangatu, deverá ser concluída dentro de cinco anos


Em resposta à Planeta Água a Ecovias do Araguaia informa que os dispositivos de controle de velocidade que estão sendo implementados pela concessionária, ao longo das BRs-153, 414 e 080, no trecho entre Anápolis/GO e Aliança do Tocantins/TO, conforme contrato de concessão, deverão entrar em funcionamento até outubro deste ano. Por ora, os aparelhos que já estão instalados atuam em caráter educativo, para que motoristas possam se adaptar.

Duplicação e pedágios

A obra de duplicação da BR-153, entre Anápolis a Porangatu, deverá ser concluída dentro de cinco anos, ou seja, até 2026. O valor da tarifa vai ser a partir de R$ 10,21 para cada 100 quilômetros de pista simples, valor acertado na licitação e que deve ser reajustado pela inflação ano a ano.

Isso quer dizer que para ir pela BR-153 de Porangatu até Anápolis o usuário pagará cerca de R$ 40 em pedágios. Depois da conclusão das obras de duplicação o preço-base passará para R$ 14,30 para cada 100 quilômetros duplicados.

Ao todo, no trecho entre Anápolis e Aliança do Tocantins, serão construídas 09 praças de pedágio, em Jaraguá, São Luiz do Norte, Uruaçu, Santa Teresa de Goiás, Talismã, Figueirópolis e Aliança do Tocantins na BR-153 e em Barro Alto e Planalmira, cobrindo uma via alternativa a partir de Anápolis até Uruaçu pelas BRs 080 e 414.




5 visualizações0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg