Twitter terá opção de anexar textos longos, vídeos de 42 minutos


Elon Musk também chamou de volta alguns dos empregados que foram demitidos

Desde a aquisição do Twitter pelo bilionário Elon Musk, as informações sobre a rede social se tornaram um verdadeiro rebuliço — começando pela demissão em massa de funcionários (inclusive do alto escalão) e do anúncio de diversas mudanças, além de novos recursos. Mais recentemente, o executivo deu sequência ao anúncio de novas ferramentas, incluindo uma opção que permitirá anexar textos maiores em tweets, algo que é atualmente feito a partir da publicação de screenshots de apps de anotações, por exemplo. Ele acrescentou, ainda, que isso será seguido pela monetização de todas as formas de conteúdo na plataforma — incluindo vídeos, os quais poderão ter até 42 minutos. O Twitter em breve adicionará a capacidade de anexar texto de formato longo aos tweets, acabando com o absurdo das capturas de tela de bloco de notas seguido pela monetização do criador para todas as formas de conteúdo.

Para atrair ainda mais os criadores, Musk disse que o Twitter pagará mais do que o YouTube, que já repassa aos seus criadores cerca de 55% dos ganhos com anúncios. O YouTube oferece aos criadores 55% da receita de anúncios. Nós podemos cobrir isso, disse Musk. Em outro tweet, Musk comentou a ferramenta de pesquisa do Twitter e disse que ficará melhor no futuro. Após fixar o valor do novo Twitter Blue em US$ 8 mensais, a plataforma atualizou seu aplicativo para iOS destacando os novos recursos da assinatura, como o selo de verificação, em alguns países, Austrália, Canadá, Estados Unidos, Nova Zelândia e Reino Unido. (Fonte: MacMagazine)

0 visualização0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg