Unesco alerta para destruição dramática dos oceanos e pede ações rápidas

Sem um investimento maciço em ciência e educação, a vida marítima tende a desaparecer rapidamente. O alerta dominou as discussões da 2ª Conferência Global dos Oceanos, que se encerrou nesta sexta-feira (1/07), na capital portuguesa. Os focos devem ser, sobretudo, a mudança produtiva, saindo do plástico, cuja matéria-prima é o petróleo, partindo para uma transição energética de matriz mais limpa, além do fim da pesca predatória. Jovens e mulheres terão papel de destaque nesse processo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). Jovens, por não repetirem os erros do passado, e mulheres, por terem visão mais conservacionista e atuarem na pesca artesanal e sustentável. (Fonte: CB)

Poluição: o Rio consome 15,4 bilhões de itens descartáveis por ano 

(Léo Lemos/Reprodução-Veja Rio)



8 visualizações0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg