top of page

Wood frame ganha espaço entre os projetos arquitetônicos



Representante da AGI do Brasil destaca os motivos da ascensão dos frames de madeira nas obras


A indústria do wood frame na construção civil cresce. De acordo com os engenheiros da AGI do Brasil (Advanced Green Insulation), esse padrão utiliza a madeira reflorestada como base dos perfis e vigas das obras, dispensando o aço. Nos Estados Unidos, a opção do wood frame é prioritária, o que promove um grande parque de regeneração natural da madeira com destino à construção civil. Depois de plantada e tratada, o resultado é uma matéria-prima resistente a fungos e cupins, além de durável.

Na AGI do Brasil, o wood frame ganha adesão do mercado por ser um padrão construtivo a seco e sustentável, tendo o menor impacto ambiental em comparação aos demais, pela redução do consumo de água e outros resíduos. O fechamento da estrutura em madeira, no wood frame, se dá com painéis de drywall ou placas cimentadas, sendo necessário o preenchimento entre as paredes.

O recheio das placas que formam as paredes ocorre, em geral, com mantas de lã de vidro ou rocha, sendo crescente o uso da espuma de spray ou spray foam. “Esse último é a maior opção nos Estados Unidos pelo maior conforto e sustentabilidade que proporciona aos projetos, pois o isolamento com o produto tende a durar muito mais pelo bloqueio de pragas e umidade garantida pela tecnologia”, comenta um dos representantes da AGI do Brasil, Luciano Paixão.

“A AGI trouxe do país norte-americano a solução do isolamento com spray foam para o Brasil, visto a tendência de crescimento do setor”, comenta Luciano ao destacar que o sistema fomenta a crescente demanda das tiny houses, seja para obras de baixo ou alto padrão, nos Estados Unidos ou aqui.

3 visualizações0 comentário
LÚMEN FACHADA_edited.jpg
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.17.18.png
Captura de Tela 2022-03-31 às 10.16.52.png
PM MEU LOTE MINHA HISTÓRIA_edited.jpg
bottom of page