Saúde

Prefeitura de Anápolis entrega três novas ambulâncias ao SAMU

Esta é a primeira vez na história que a frota foi adquirida totalmente com recursos municipais

A Prefeitura de Anápolis entregou nesta quinta-feira, 20/06, três novas unidades de suporte básico (USB) ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Cada unidade, avaliada em mais de R$ 333 mil, foi adquirida com recursos 100% municipais, marcando um feito inédito desde a implantação do serviço na cidade, em 2005.

A renovação da frota inclui veículos modernos e totalmente equipados para o atendimento pré-hospitalar, substituindo três unidades que agora farão parte da reserva técnica. A medida atende à determinação do Ministério da Saúde (MS), que exige que 30% da frota de atendimento de urgência esteja disponível como reserva técnica, garantindo a continuidade do serviço em situações de maior demanda ou manutenção.

O prefeito, Roberto Naves celebrou a entrega das novas viaturas durante a cerimônia realizada hoje.

“Estamos orgulhosos de entregar essas novas unidades ao SAMU, um investimento vital para a saúde e segurança da nossa população. A aquisição com recursos municipais reforça nosso compromisso com a qualidade dos serviços de saúde em Anápolis”, destacou.

As ambulâncias reforçam a frota do SAMU

Com as novas aquisições, a configuração atual da frota do SAMU em Anápolis consiste em duas unidades de suporte avançado (USA), seis unidades de suporte básico (USB) e duas motolâncias. A expansão e modernização da frota são essenciais para manter a eficácia e a qualidade dos serviços prestados à população.

Apenas no mês de maio deste ano, o Samu realizou o atendimento de mais de 3.500 ligações de pedidos de ajuda. Foram mais de 3 mil atendimentos no mês e, desse total, apenas 811 chamados não precisaram de ambulâncias.

Além de Anápolis, a base do SAMU atende toda a Regional Pirineus, que inclui os municípios de Abadiânia, Alexânia, Campo Limpo, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Gameleira de Goiás, Goianápolis, Pirenópolis e Terezópolis de Goiás. A entrega das novas unidades, portanto, beneficia uma área extensa e uma população de mais de 522 mil habitantes, garantindo um atendimento rápido e eficiente em situações de emergência.

Funcionamento do SAMU

O atendimento do SAMU 192 inicia-se com o chamado telefônico, durante o qual são fornecidas orientações sobre as primeiras ações a serem tomadas. A ligação é gratuita, tanto para telefones fixos quanto móveis. Os técnicos que atendem ao telefone identificam a emergência e coletam as informações iniciais sobre as vítimas e sua localização.

Após a coleta das informações, as chamadas são encaminhadas ao Médico Regulador. Este profissional fornece orientações de socorro às vítimas e aciona as ambulâncias quando necessário. As ambulâncias do SAMU 192 são estrategicamente distribuídas para otimizar o tempo de resposta entre o chamado da população e o encaminhamento aos serviços hospitalares de referência.

A prioridade é atender a vítima no menor tempo possível, enviando médicos conforme a gravidade do caso. As unidades móveis, presentes em todo o país, variam conforme as demandas da região e podem incluir ambulâncias, motolâncias, ambulanchas ou aeronaves, dependendo da disponibilidade e necessidade de cada situação. O objetivo é garantir a maior abrangência possível no atendimento às emergências.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo
    Nova Conversa
    Escanear o código
    Olá 👋
    Como podemos te ajudar?