Anápolis

Delegado Manoel Vanderic elogia Força Tática e defende ampliar convênio

Convênio com as polícias Civil e Militar resultou na queda de todos os índices de criminalidade em Anápolis

O delegado Manoel Vanderic, titular das delegacias especializadas de Infrações e Crimes de Trânsito (DICT) e de Atendimento ao Idoso (DEAI), reconheceu o papel da Força Tática Municipal na redução da criminalidade em Anápolis.

O programa nasceu em 2018, depois que a Prefeitura de Anápolis assumiu o pagamento o banco de horas para policiais militares e civis, em um convênio com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO). A administração municipal, além de arcar com as horas extra, também disponibiliza viaturas. Vanderic destacou que a iniciativa permitiu, inclusive, o combate ao crime de embriaguez ao volante.

“(Sem a Força Tática) não há como realizar esse trabalho de combate à embriaguez ao volante. Com a PM é a mesma coisa. O banco de horas quase duplica a presença dos policiais militares nas ruas, isso é inquestionável, esse convênio da prefeitura com os policiais é louvável”, disse em entrevista ao jornal DM Anápolis.

Vanderic ressaltou que, em 2024, quase não se houve mais falar em furto ou roubo a residências. “Antes era diariamente, hoje quase zerou, graças à atuação mais maciça da PM em cima desse convênio”. O delegado ainda defendeu que o programa seja mantido e, se possível, ampliado, “para manter a sensação de segurança que existe hoje e que não havia até pouco tempo”.

O programa nasceu em 2018, depois que a Prefeitura de Anápolis assumiu o pagamento o banco de horas para policiais militares e civis, em um convênio com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO)

Força Tática

Criada pelo prefeito Roberto Naves, em 2018, a Força Tática Municipal foi uma das responsáveis pela redução de 81,5% nos índices de homicídio na cidade, que bateu recorde em 2016, com 195 assassinatos, e caiu para 35 em 2023, conforme dados da SSP-GO.

Pelo convênio, a Prefeitura de Anápolis arca com dez novas viaturas, com três policiais em cada, no intuito de ampliar a segurança no município. Desde a criação, todos os índices de criminalidade têm caído ano a ano. Como exemplo, em 2023, os latrocínios foram zerados, assim como roubos de carga. Houve queda em roubo de veículos (56%), roubos a estabelecimentos comerciais (45%), roubos a pedestres (31%) e roubos domiciliares (20%).

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Artigos relacionados

    Deixe um comentário

    Botão Voltar ao topo
    Nova Conversa
    Escanear o código
    Olá 👋
    Como podemos te ajudar?