Arte e cultura

Entre favoritos e azarões, reta final do Oscar traz Pobres Criaturas como ameaça a Oppenheimer

Ainda que o Oscar costume ser previsível, vencedores inesperados não deixam de ser uma possibilidade.

Os vencedores do Oscar serão conhecidos no próximo domingo, 10, durante cerimônia em Los Angeles, com apresentação do comediante Jimmy Kimmel. O tapete vermelho começa às 19 horas e a premiação, às 20h.

Contudo, a disputa pela 96ª edição da premiação começou excepcionalmente cedo – mais precisamente no dia 20 de julho de 2023, quando estrearam Oppenheimer, de Christopher Nolan, e Barbie, de Greta Gerwig. Logo surgiu a alcunha Barbenheimer, unindo aqueles que, àquela altura, pareciam favoritos instantâneos às principais categorias. Mas não foi assim. A grande surpresa do anúncio dos indicados, no dia 23 de janeiro, foi a ausência de Greta e da atriz Margot Robbie, intérprete de Barbie, na lista. Oppenheimer obteve 13 indicações. Em seguida, estão Pobres Criaturas, com 11 indicações, e Assassinos da Lua das Flores, com 10. Barbie ficou em quarto lugar, com 8.

Entre os surpresas e azarões, Oppenheimer chega à premiação como favorito. É o que sugere o famoso “termômetro do Oscar”, composto pelo conjunto de outras premiações relacionadas ao cinema que antecedem o evento do próximo domingo.

O longa sobre o pai da bomba atômica tende a vencer nas categorias de melhor filme e melhor diretor, principalmente após ter faturado títulos correspondentes no SAG Awards (Sindicato dos Atores), no DGA Awards (Sindicato dos Diretores), no Critic’s Choice Awards (Associação de Críticos), no PGA Awards (Sindicato dos Produtores), no britânico Bafta e no Globo de Ouro.
Pobres Criaturas

Ainda que o Oscar costume ser previsível, vencedores inesperados não deixam de ser uma possibilidade. Entre os concorrentes, a maior ameaça a Oppenheimer não é Barbie – o campeão de bilheteria em 2023. Quem entra na disputa contra o longa de Christopher Nolan é Pobres Criaturas, do cineasta grego Yorgos Lanthimos. Os dois longas dividiram a atenção no Globo de Ouro: o primeiro venceu como melhor filme de drama e, o segundo, como melhor filme musical ou comédia.

Cillian Murphy, que dá vida ao protagonista J. Robert Oppenheimer, também é favorito à estatueta de melhor ator, enquanto Emma Stone, por Pobres Criaturas, concorre à categoria de melhor atriz após vender Bafta e no Critic’s Choice.  As duas produções também surpreenderam ao receber cinco indicações cada uma para o Oscar, incluindo melhor filme e melhor direção. Entre os coadjuvantes, Robert Downey Jr. levou todos os prêmios até agora, pelo papel desempenhado em Oppenheimer.

  • Fonte da informação:
  • Leia na fonte original da informação
  • Artigos relacionados

    Botão Voltar ao topo
    Nova Conversa
    Escanear o código
    Olá 👋
    Como podemos te ajudar?